Modificar o tamanho de letra:

 

 

Currículo -Dom José Newton de Almeida Batista


No dia 05 de janeiro de 1954, o Santo Padre Papa Pio XII nomeou para Arcebispo Metropolitano de Diamantina, o Bispo Diocesano de Uruguaiana, sul do país, S. Excia. Revma. Dom José Newton de Almeida Batista, nascido em Niterói RJ, a 16 de outubro de 1904. Eleito Bispo Diocesano de Uruguaiana a 10 de junho de 1944, foi sagrado no dia 03 de setembro, e tomou posse em Uruguaiana no dia 07 de outubro daquele mesmo ano.


Dom José Newton de Almeida Batista assumiu a Sede Metropolitana de Diamantina no dia 21 de agosto de 1954, tendo sido recebido por Dom Serafim Gomes Jardim Arcebispo Emérito, por Dom João de Souza Lima Vigário Capitular e pelo filho ilustre desta terra, então Governador do Estado de Minas Gerais, Dr. Juscelino Kubitschek de Oliveira. E no dia 22 de agosto, em solene Pontifical celebrada na Catedral Metropolitana de Santo Antônio, Dom José Newton de Almeida Batista tomou posse canônica da Arquidiocese de Diamantina.


Dom José Newton continuou o trabalho pastoral à frente da Arquidiocese de Diamantina até 1960, quando foi transferido como 1º Arcebispo Metropolitano de Brasília, a Capital Federal. Durante o período em que permaneceu em Diamantina, promoveu a vida Litúrgica em toda a Arquidiocese e criou as Semanas Ruralistas, com o objetivo de promover o homem do campo.


Em 1955 a 16 de julho, o Santo Padre o Papa Pio XII criou a Diocese de Sete Lagoas MG, desmembrando-a das Arquidioceses de Belo Horizonte e de Diamantina. Da Arquidiocese de Diamantina passaram a fazer parte da Diocese de Sete Lagoas as seguintes Paróquias: Caetanópolis, Cordisburgo, Paraopeba, Riacho Fundo e Pirapama.


No dia 1º de fevereiro de 1956, o Santo Padre Pio XII criou a Diocese de Governador Valadares, desmembrando-a de Araçuaí, Caratinga, e parte de Diamantina. Passaram para a Diocese de Governador Valadares as Paróquias de Açucena, Coroaci, Virginópolis e Virgolândia.